Web 2.0 e eu com isso?


por styfens machado

Começo esse post levantando uma dúvida: Até que ponto a internet pode nos ajudar.

Dificíl de saber, de mensurar e de pensar. Acredito que poucos visionários e vanguardistas pensavam no tamanho e no uso que a internet tomaria em nossos dias atuais.

Sem falar na web 2.0 e em sua constante atualização e formação de novos meios de relacionamento, dos blogs ao twitter. Qual a funcionalidade a tudo isso? Sem nerdismo e sem querer ser acadêmico, McLuhan estava corretíssimo, ele e sua formulação de aldeia global nada mais afirmavam a vontade constante do homem de não se distanciar de seus próximos.

Em termos práticos, qual a necessidade de um blog como o SenakerSession? Além de poder dar conhecimento sobre um pouco de arte, música e moda; o intuito é com certeza aproximar pessoas, indíviduos que apreciam o mesmo tema, os Sneakers, e as mesmas conversas. Não é atoa que comunidades e sites/blogs, conseguem mobilizações tremendas, Flashmobs, protestos e afins.

Assim, a capacidade da web de aproximar as pessoas e criar indentificação permite com que sites, foruns e afins sejam consultados, antes da compra de algum produto, ou na realização de alguma viagem. Uma imagem que relações públicas demoram anos para construir podem ser construidas em relação a sites de forma muito mais rápida.

Ainda em relação às relações públicas, a mobilização que é permitida ser feita pela internet, pode destruir a imagem de qualquer coisa, sendo boato ou não.

Concursos como o da Lenovo (que está rolando, e vai premiar blogueiros), afirmam essa relação e o poder de identificação entre as pessoas. Bloggar, nada mais é do que mostrar o seus conteúdo para que pessoas com as mesmas ideias se identifiquem e se aproximem.

“Este post está participando do Concurso Profissão Blogueiro, que vai premiar três blogueiros com netbook e kit completo para quem quer ter um blog de sucesso. Acesse: www.ideiasnoar.com.br/profissaoblogueiro.”.

Styfens Machado

A sneaker freaker since 2008, he had the time and passion to create the SNKR 2008. Besides shoes he's a creative consultant passionate about art, design, music and culture.

Post a Comment